Blog - Saga Seguros

Boa notícia: aos poucos, a atividade nas fábricas das grandes montadoras do Brasil volta ao normal

21/05/2020

Os impactos econômicos provocados pela pandemia do novo Coronavírus ainda são incertos não só no Brasil, mas também em todo o mundo.

Porém, uma certeza há: em algum momento, a normalidade voltará, a indústria retomará as suas produções, o comércio reiniciará as vendas, a vida seguirá em seu curso normal.

Os primeiros indícios disso têm aparecido – inclusive no mercado automotivo, onde nesta segunda quinzena de maio algumas novidades chamaram a atenção, sobretudo em duas grandes montadoras de veículos do Brasil.

Isto porque General Motors e Volkswagen anunciaram a retomada da produção de veículos em suas fábricas no Brasil. Acompanhe, a seguir, os detalhes dessa decisão de duas das maiores montadoras do país.



GM e Volkswagen: retomada gradual

A novidade anunciada no último dia 18 de maio veio acompanhada de uma série de informações que explicam quais medidas de segurança serão aplicadas tanto pela General Motors como pela Volkswagen.

A retomada da produção de veículos nas fábricas de São Caetano do Sul (SP) e São José dos Pinhais (PR), paralisadas desde março em razão da pandemia do coronavírus, será feita sob rígidas medidas de segurança e com jornadas graduais.

No caso da GM, as atividades terão como foco o novo Tracker, lançado no início do período de quarentena, enquanto na Volkswagen a primeira linha produtiva reativada será a do T-Cross.

De acordo com as montadoras, rigorosos protocolos de prevenção foram assumidos a fim de garantir a segurança dos funcionários.

Entre essas rígidas medidas estão o uso de máscaras, o reforço da higienização do ambiente de trabalho, o distanciamento social (com adaptações em transportes e refeitórios), medição diário de temperatura corporal, formulário digital de autodeclaração de saúde, além de monitoramento de casos suspeitos e confirmados.

A GM fez questão de reafirmar também que manterá as atividades de colaboração contra a pandemia que vinha desempenhando, como produção de máscaras e conserto de respiradores.

Tudo isso sinaliza que, aos poucos, as montadoras têm se preparado para voltar às atividades, a fim de começar a recuperação de um setor afetado em 80% do faturamento, segundo o presidente da associação das montadoras.

Gostou da boa notícia? Que tal agora uma passeada pelos sites do Grupo Saga, para escolher o modelo que, muito em breve, estará em sua garagem?


 

 


Ficou curioso para saber o valor do seu seguro?

Solicite seu orçamento!