Blog - Saga Seguros

Entenda por que o histórico do condutor pesa no valor do seguro auto

15/03/2022


Uma dúvida recorrente entre as pessoas que têm algum interesse em contratar ou renovar um seguro auto é saber por que o histórico do condutor pesa no valor do seguro auto.

Pois bem, é preciso esclarecer, para começo de conversa, que, evidentemente, as seguradoras, ao vender um seguro, precisam calcular os riscos, como, por exemplo, estes: se o modelo do carro é muito visado para roubo, se a pessoa sai para festas a noite, a experiência ao volante e outros. 

Cada um desses é avaliado e, naturalmente, quanto maiores as chances de acontecer um sinistro, maior será o preço.

O peso do histórico do condutor

Dentro dessa lógica, é inegável que o histórico do condutor é algo que também influencia bastante na determinação de quanto a pessoa terá de pagar. Isso não fica difícil de entender quando se olha o risco.

Vamos supor que um motorista tenha diversas multas por imprudência no trânsito e já se envolveu em acidentes umas três vezes. Ao analisar esse perfil a seguradora entende que ele apresenta um alto risco, afinal, seu histórico não está a seu favor.

Quando for passar a cotação para esse possível cliente, a seguradora sabe que as chances de ter um sinistro são altas. Logo, o valor será equivalente ao risco, pois ela não quer ficar no prejuízo.

Por outro lado, um motorista que não possui multa ou já recebeu uma no passado e não se envolveu em sinistros, é considerado bom condutor. A seguradora então o vê como sendo de baixo risco, afinal, não possui acionamentos de seguros anteriores nem algo que o desabilite.

Nesse segundo caso, se for solicitada uma cotação, certamente o valor apresentado seja mais acessível.

É claro que o histórico do motorista pode mudar com o tempo. Conforme envelhece fica mais prudente e ganha experiência. Então, se jovem pagava alto o seguro, se melhorar ao volante, ao envelhecer pagará menos.

E os novos motoristas, como ficam?

Mas e como fica a situação dos novos motoristas, que não têm um histórico do condutor para ser avaliado? Pois bem, as estatísticas de trânsito apontam que motoristas jovens são os que mais se envolvem em acidentes. Além disso, a maior parte deles são homens.

Como não se conhece o histórico e as estatísticas mostram alto risco, o valor do seguro auto costuma ser mais elevado que a média para esse público.

E como posso reduzir o valor do seguro auto pelo histórico de condução?

Não é difícil, afinal existem diferentes formas de reduzir o valor do seguro. Algumas delas são, por exemplo, escolher coberturas mais simples, optar por carros menos visados em roubos e ter equipamentos de segurança.

Em relação ao histórico do condutor, esse é mudado ao longo do tempo, de acordo com a experiência acumulada na direção.

Motoristas que já se envolveram em sinistros, tendem a pagar mais do que os que nunca se envolveram. Quem sempre teve um bom histórico deve ter o cuidado de mantê-lo dessa forma.

O importante é que o motorista tenha atenção a seus hábitos de direção. Afinal, isso influencia muito para pagar menos no seguro. É claro que isso pode levar um tempo quando a história não está a favor.

E aí, entendeu por que o histórico do condutor pesa no valor do seguro auto? Que tal agora entrar em contato com a Saga Seguros para fazer uma cobertura especial para o seu carro?

Entre em contato, por aqui, com os nossos colaboradores e pergunte sobre as condições que a Saga Seguros tem para a proteção do seu carro.

Ficou curioso para saber o valor do seu seguro?

Solicite seu orçamento!