Blog - Saga Seguros

Pós-pandemia: especialistas apostam em crescimento na adoção de transportes individuais

22/05/2020

Autoridades do universo automotivo têm discutido, em meio à pandemia provocada pelo novo Coronavírus, quais devem ser as consequências e os impactos de tudo isso no consumo de automóveis.

A partir disso, o debate promovido por esses executivos caminha ainda para a discussão acerca dos novos caminhos do setor de automóveis, assim como para a projeção sobre as mudanças que acontecerão em decorrência da pandemia.

Disso tudo, entre outras expectativas levantadas, extraiu-se o seguinte: passado o surto causado pelo novo Coronavírus, haverá um crescimento expressivo, em todo o mundo, o que, claro, inclui o Brasil, na adoção e predileção pelo transporte individual.



A ADOÇÃO DO TRANSPORTE INDIVIDUAL

Uma das autoridades que levantam essa tese é Jacques Meir, diretor-executivo de conhecimento do Grupo Padrão.

Para ele, “é nítido que estamos vivendo em um cenário VUCA, devido à grande incerteza diante do futuro”. Ele aponta que, antes da pandemia, via-se em curso uma revolução, uma grande transformação, na mobilidade urbana.

Prova disso, de acordo com Meir, era a profusão, nas grandes cidades, de ciclovias, transportes por aplicativos e patinetes compartilhados.

Agora, Jacques Meir aponta que haverá, por causa do temor do contágio viral nas aglomerações de ônibus e metrôs, um apelo expressivamente maior pelo transporte individual.

Nessa linha, ele provoca autoridades públicas e a iniciativa privada responsável pela estruturação da cidades quanto à estruturação das grandes cidades para viabilização dessa mudança que prevê o crescimento do transporte individual no Brasil.  

Para confirmar essa tendência, especialistas têm apontado que pesquisas realizadas na China e na Europa indicam a aversão ao transporte coletivo, sensação que cresceu após a primeira onda da pandemia, o que fez a população desses país buscar meios alternativos.

Portanto, ao que tudo indica, teremos um quadro de crescimento significativo e perceptivo da quantidade de carros individuais, com as pessoas optando pelo uso de transporte que reduz drasticamente as chances de contágio viral.

Gostou desta notícia dos blogs do Grupo Saga? Siga nos acompanhando por aqui e pelas redes sociais.


Ficou curioso para saber o valor do seu seguro?

Solicite seu orçamento!